31 agosto 2009

Ontem...

passei mais de uma hora (ou à volta disso) quase parado, num daqueles engarrafamentos que dá para sair e perguntar ao castigado de trás o que é que se passa. Tudo para fazer um daqueles percusos de vinte minutos. Nada de especial... O busílis da coisa, é que todo esse tempo foi passado na 29 de Agosto.
Eu sei que isto tem um significado profundo qualquer. Só ainda não percebi qual.

14 comentários:

susana disse...

Podes sempre mudar-te para o Norte! Pode ser no próximo 29 de Agosto. Vês, segredo desvendado!

susana disse...

Porto não vale. Norte.

Pikiiii disse...

Foi castigo.. Por andares tão ausente do meu blog!!! :P

eva disse...

O que é a "29 de Agosto"? Não estarás a confundir com a "24 de Julho"? :)

nando disse...

Oh Su, mudar-me, eu!?, para fora do meu sofá?... Mas já agora, porquê? No "Norte" não há festarolas a sério, de empatar o trânsito?... ;-)

ihihih, Pikiiii, não me pareciiii...

Eva! Grande ideia tens de mim?! Então achas que fui para a 24 de Julho e fiquei com uma piela de mais um mês!?... Mas que ideia!... :P

susana disse...

Nã! Andamos todos de bicla. Ou será que isso é no norte da europa? Será noutro norte?

nando disse...

Em Lx tb se anda de bicla. E até diminuímos o nível de oxigénio para ser mesmo um exercício anaeróbico...
;-)

eva disse...

Mas quem é que falou em piela? :) Hum...
Se isto te faz feliz, eu estive mais de uma hora num percurso que se faria em 5 minutos. E porquê? Por causa da festa do Avante... Isto não foi nada Avante. Fiquei-lhe com um pó... lol

susana disse...

anaeróbio: sistema energético predominante em esforço de intensidade máxima ou próxima do máximo........................................... e de curta duração. Até 3 min, para os autores mais generosos, considerando o funcionamento da glicólise.................................... Ora, dada a dimensão da capital, nada mais resta que engarrafar logo pela manha. CertoSS.

nando disse...

Eva: GRande FAscista!!!! Onde é que tu estavas no 25 de Abril??? Pois é!!! lol
:P

Su: nada disso!!! anaeróbio: diz-se do ser vivo que não utiliza o oxigénio livre. É o que se passa aqui! Em Lx funciona tudo à base do CO2, porque o oxigénio já fugiu para a Costa (da Caparica). ;-)

Vanessa Barata disse...

Se o percurso demora 10 minutos de carro, eu, cá no norte, faço-o 90% das vezes em menos tempo. Isto em hora de ponta claro...
É nestas alturas que o meu nível de orgulho de viver do norte passa de um B- para um A+ :) :P

Fiquei horrorizada quando, da primeira vez que fui a Lx, tinha eu os meus 5 ou 6 anos, e vi um senhor dentro de um carro - em plena fila de transito- na ponte 25 de Abril a fazer a barba (Sim, com espuminha e tudo!). Eram aprox. 8 da manhã.
A minha mãe teve que ter uma conversa muito séria comigo quando chegámos de novo ao norte. Traumatizou-me. Isto dava um post no meu blog interessante. :)

nando disse...

Ai,ai... nem sei que te responda, ainda não parei de rir...

Mas, enfim, dada a tua natureza de proto, achei por bem deixar-te algumas perguntas (que te guiem para fora do trânsito da ponte)...

Sabes que há Norte além da tua aldeia?... Será que conheces uma tal de "VCI"? (eu só conheço da rádio!)
Ah! E achar que o único sítio que eu conheço (e onde me posso engarrafar) é Lisboa, ou "não-norte" também é algo presunçoso...
lol
De qualquer modo, quer-me parecer que engarafamentos destes são daqueles 10% que tu apanhas. E palpita-me que há para aí mais engarrafamentos de três carros e meios, que na 29 de Agosto... Palpites, palpites...
;-)

Vanessa Barata disse...

Já tive imensas oportunidades de me "passear" pela VCI em plena hora de ponta e não acho que uma fila de trânsito circunstancial seja a mesma coisa que um engarrafamento - onde, se for preciso, ficas 1 hora exactamente no mesmo sítio. Mas a questão central aqui é mesmo que em nenhuma dessas minhas passeatas da VCI vi alguém a fazer a barbinha com espuminha "ai e tal deixa me verificar se tenho tudo antes de sair de casa para o trabalho: chaves, telemóvel, carteira, espuma de barbear e gilette...está tudo..." valha-me o senhor :P

Ah, e já agora, eu vivo numa cidade, e não aldeia. Cidade que mais de metade dos lisboetas pagavam para viver, nem que fosse pelo simples facto de que quase 50% das pessoas que aqui vivem vão a pé para o trabalho (e não é por não terem carro) :D

Palpites...palpites...:P

nando disse...

Sabes, a minha prof. de Portguês dizia que se toda a gente fosse igual a mim o Mundo seria muito chato. Numa área, pelo menos, ela tinha absoluta razão. A política não teria metade do colorido. Nomeadamente porque ninguém usaria óculos tão facciosos como os teus. lolol

Tudo pó comício, bá!
lol
E no domingo a botar o boto!
;-)