29 agosto 2008

Opções por vermelho


Inspirado por um post da Ju, (obrigado Ju, se não lesses só blogues de moda, agora tinhas aqui um beijinho... :P) onde apareceu este vestido vermelho, escrevi um longo texto (de três páginas). Deixo aqui o aperitivo, quem estiver interessado siga o link ao fundo.

«A noite estava fria, saudosa dos Dezembros antigo que os ossos já não guardam na memória. E o vestido dela tinha nitidamente outros projectos, diferentes de caminhar pelas ruas esquecidas da cidade vazia.
(...)
Ele endireitou-se sem a largar, mirando-a como quem se afasta. Medindo a perturbação dela. De joelhos a tremer, ela fechou estoicamente os maxilares e fingiu resistir… o olhar inamovível, as pupilas do tamanho da noite, dele, e do universo. Ele sorriu, deliciado, duvidoso, divertido. Aproximou-se de novo dela, inspirou-lhe o pescoço, e ao de leve, quase de propósito, tocou‑lhe o lóbulo com a língua. Saboreou-o com deleite indisfarçado, enrolou a língua e afiou os dentes no suspiro dela.»

O texto completo aqui.

10 comentários:

susana disse...

Nando: o texto é maravilhoso, como a maioria do que te leio, mas... É que os dois vestidos vermelhos parecem iguais, mas não são iguais, são quase iguais, mas diferentes, os tons muito próximos,os tecidos... Ou arranjas dois vestidos iguais ou ninguém vai ler o que está em baixo!
:)
:D
:P

nando disse...

(Oh Susana!! Era uma metonímia!...)
;)

O "vestido" é o mesmo!...
lol
:P

BlankPage disse...

A scarlet é booooaaaa...e só por causa disso já não consigo ler mais nada..mas prometo q a primeira coisa q faço qdo acordar de manhã é ler o teu texto..

**********
A tua mã..

eva disse...

"Porque a vida é feita de opções."

E porque nada pode ser perfeito, a não ser na nossa imaginação :(

Mas é um texto bonito :)

Ti disse...

"E o vestido dela tinha nitidamente outros projectos, diferentes de caminhar pelas ruas esquecidas da cidade vazia" - das melhores personificações que tenho lido por aqui. Muito bom o texto.

nando disse...

Oh mã!...
Achas?... É que nem reparei... Só vi mesmo o vestido... O:)
(imagino que a noite vá ser animada para nem fazeres planos de acordares da parte da manhã... :P)

Eva: A perfeição é uma grande seca. Vai pelo Eça. ;)
(E obrigado!)

Ti: :) Obrigado :)

susana disse...

Depois de ter que ir ao google para me relembrar da tal da metonímia, posso afirmar que o vestido não é o mesmo, aí não é não!
;)

nando disse...

Prontus eu confesso... Sempre tive uma "pedrinha no sapato" com o tal do daltonismo ser doença rara, mas quase desconhecida entre as mulheres. Admito que a minha metonímia é sexista. E com um certo sabor a vingança... eheheheh
:)

eva disse...

"...partiu (...) para a delícia das coisas imperfeitas"
E a perfeição está nos nossos olhos... E tudo o que é demais, enjoa...
Obrigada pelo texto :)

nando disse...

O Eça percebia disto, não era?...
:)