12 dezembro 2008

São pedras, são lixo,
São os restos do dicionário,
Palavras vazias, insípidas,
Despejadas folha abaixo,
Rebolando e também caindo,
Quebrando-se em mil pedaços,
Despedaçando-se.
Chorando.

Sem a graça da flor que brota
Ou o brilho do arco-íris.
Sem calor. Sem um sorriso.
Não aquecem o coração,
(Nem o reconhecem)
Não abraçam o significado,
Não o sentem.
São palavras sem sentido,
Lançadas à rua,
Perdidas na vida,
Na folha
No papel.
São as letras de um poema
Que a vida não salgou.
São as cantigas amadas
E sentidas.
São as vidas.
São as vidas.

10 comentários:

eva disse...

"São palavras sem sentido"
Hum... Sabes que tudo é relativo!... :)

nando disse...

«Tudo é relativo.»... é uma daquelas frases que encerra em si mesma a sua própria negação... Porque se for verdade, encontraste algo que não é relativo... lol. Claro como água, parece-me... :P
A questão, claro, é como é que a "corriges"?...
;-)

eva disse...

Hum... Ainda não consigo pensar... O ano só agora começou! :D

nando disse...

Ainda agora começou e já queimaste os neurónios!?...
ihih
:P

eva disse...

Eia... essa foi forte! Olha que com mais destas eu deixo de aparecer :(
(amuei)
Mas aqui te deixo uma proposta de correcção: NEM tudo é relativo... E a frase menos relativa é precisamente aquela que diz que tudo é relativo...
Satisfeito? Na totalidade? Ou será que o grau de satisfação tb é relativo? :P

nando disse...

Oh!... Tu é que disseste que não conseguias pensar... era uma mera especulação, não-ofensiva!!... ;-)

O grau de satisfação é claramente relativo: e afinal de contas, não sendo tudo relativo, o que é que não o é?...
;-)

eva disse...

A relatividade é mesmo muito relativa! É mais uma daquelas coisas que pode ser e ao mesmo tempo não ser!... :)
Na realidade o que eu queria dizer é que para quem escreve os poemas "são palavras sem sentido", mas para quem lê, podem perfeitamente não ser! Capiche? :)

nando disse...

Claro, Eva... :-)
E tu?... percebes porque são "palavras sem sentido"?... ;-)

eva disse...

:) Acho que sim! ;)

nando disse...

:-)