16 julho 2006

Kiss me, baby.

7 comentários:

Ti disse...

Pedagogia pois... lol...(este post fez-me lembrar um q tenho em draft...hmmm, acho q vou postá-lo!)

nando disse...

Para ser honesto, também gosto da música. Sim, também...
:)

susana disse...

Ti: então foi daqui que te saiu a ideia!
Vocês desculpem-me, mas isto de estar a ver os beijos dos outros é uma seca, tá, e quando eu digo seca é grave, eu que gosto tanto de água!

ihihi!

Ti disse...

Gostas da música.....lol.... este vídeo cansa só de ver, q trabalheira :D
Sim, Susana, foi...

nando disse...

Susana: é verdade, mas lá no Blogue da Ti, eles são principiantes, reparou?... ;)

Ti: pois é! Isto aqui já é a sério. Mas palpita-me que a Susana pode ajudar nessa matéria, ela até tem uns gráficos e tudo, muito giros! eheheh
:D

susana disse...

Gráficos, eu? Que gráficos. A curva de Folbort não se aplica a beijos, acho eu. Se bem que... depois de um bom beijo fica-se completamente abananado e as defesas caem. Depois aumentam progressivamente com a ausência do mesmo, até um tal estado de ansiedade similar ao fenómeno da supercompensação. Depois, se não houverem mais, volta tudo ao estado inicial.
Olha, bate certo! Descoberta brilhante. Sou ou não sou uma verdadeira cientista?
P.S. - por favor não comentem com os meus estudantes. Estou em crer que gostariam mais desta teoria...

nando disse...

Vou nomear o meu blogue para os Óscares! Até descobertas científicas aqui há!
Isto é um blogue muito à frente!
;)